Após cinco meses de afastamento por lesão, Etiene Medeiros, de 27 anos, voltará a competir nesta semana. Única brasileira campeã mundial, a pernambucana disputa de sexta-feira a domingo o Campeonato Paulista de Inverno, na piscina do Corinthians. A nadadora se submeteu a cirurgia no ombro direito em janeiro para a remoção de um cisto sinovial e perdeu o principal campeonato nacional do primeiro semestre, o Troféu Brasil, realizado em abril passado, no Rio. Sua última aparição oficial havia sido no Torneio Open, em dezembro passado, também na capital fluminense.

No Paulista, Etiene nadará os 50m livre, na sexta-feira, prova da qual é recordista sul-americana (24s45) e finalista olímpica nos Jogos do Rio. No sábado, ela disputará o revezamento 4x50m livre e, no domingo, os 50m costas e o revezamento 4x100m medley. A brasileira fez história em 2017 ao conquistar um inédito título mundial em piscina longa (50m) nos 50m costas, prova que não faz parte do programa dos Jogos Olímpicos.


- Participar do Campeonato Paulista é para voltar ao ritmo. Sem expectativas. Quero voltar leve para as competições - afirmou a pernambucana.

A atleta tem mantido uma rotina regular de treinos no Sesi, clube da capital paulista que representa, mas tem evitado muita carga ou excesso de atividades para não avariar o ombro, que foi operado em janeiro. Etiene até esteve presente no Troféu Brasil de abril, porém somente para acompanhar os companheiros de clube. Por ter abdicado do torneio, não ficou elegível para o Campeonato Pan-Pacífico de Tóquio, principal compromisso da seleção brasileira em piscina longa na temporada, que ocorrerá em agosto.

Depois do Campeonato Paulista, ela deve viajar com a seleção brasileira para duas competições entre o final deste mês e o começo de julho: o Trofeo Settecolli, em Roma, e o Aberto da França.

Seu foco, logo a seguir, passará a ser o Campeonato Mundial em piscina curta (25m), que será realizado em Hanghzou, na China, em dezembro. Ela quer defender os títulos mundiais consecutivos que obteve nos 50m costas em 2014 e 2016. Para tanto, contudo, ela precisará assegurar classificação na seletiva nacional, que será o Troféu José Finkel, em agosto, em Guaratinguetá (interior de São Paulo). 

Postar um comentário:

0 comments: